Sobre ficção científica…

Mom?

Olá, porra!

Como o ibope desta merda está baixo, pois as pessoas nas férias fazem mais sexo e têm menos tempo para esse tipo de idiotice, vou tentar arrebanhar mais cliques escrevendo. Por uma sucessão aleatória de fatores, acabei chegando a um arquivo da Wikipédia que fala sobre Futurologia. O nome já diz tudo. Enfim, que paspalhada – e o pior, descobri que há uma disciplina na minha universidade que tem exatamente esse título. Anyway, pra que futurologia se temos o Walter Mercado?

Lendo o artigo da Wiki e vendo as especulações futurológicas sobre o nosso futuro, resolvi compartilhar com vocês o meu amor por ficção científica, todos os absurdos que podemos ‘prever’ e o que Adriano Lira dirá que acontecerá nos próximos anos. Comandante Hamilton, mostre as imagens à audiência.

Datena, as imagens são... po-lêmicas

A maior merda de ser um amante de ficção científica é a inerente taxação do indivíduo como ‘nerd’. Muitos já me chamaram assim, mas eu acho que isso é pano pra manga e não vou me alongar nisso.  Hoje, não tenho muitos amigos que têm esse mesmo gosto escroto que eu: no Ensino Médio, estudei em uma escola de nerds que eram tão nerds que começaram a estudar engenharia, física e um punhado de coisas que até hoje eu não sei a utilidade e não acreditam mais nessas coisas, propondo modelos físicos para eventos corriqueiros do dia-a-dia, como provar que é possível  um casal de gordos transar em um Mille 88, devido à elasticidade dos corpos. Que frase longa. Respirem.

Já o pessoal da minha faculdade vai ao teatro. Que estranhos!

Logo, eu não me encaixo em nenhum desses grupos, o que me torna uma pessoa um tanto louca, que se une à galera pela cevada.

Mas, pensando bem, eu até entendo esse povo que não gosta de ficção científica. Não tem ET porra nenhuma (ou não encontramos porra nehuma), não conseguimos viajar no tempo e não fizeram os fuckin carro voador. Apesar que, de qualquer forma, o Kassab ia proibir…

Vai dizer que vocês nunca sonharam que eram Jedis, com sabre de luz, lutando contra as forças do mal?

Foi o melhor sonho da vida de vocês, tenho certeza.

Não?

Ok. Pula.

Na verdade, eu acho que o meu maior prazer em ver filmes de ficção científica (De volta para o futuro é a melhor coisa que existe) é em reparar todas as merdas que os loucos anos 80 pensavam que iam acontecer hoje. Em ‘De volta… tananã’, os caras imaginam o ano de 2015 de uma maneira muito retardada! Tipo, eles imaginavam o filme ‘Tubarão 43’, que  nós usaríamos duas gravatas, e que nós faríamos tudo via Fax. HAHAHAHAHAHA, NEM SEI QUE PORRA QUE É FAX!

E as merdas dos discos magnéticos para guardar informações de Blade Runner? Pendrives na bunda de todos eles 😀

Porém, eu trocaria pendrives, e-mails, iPads e essa TV de plasma que a minha mãe tá pagando em 12x por um carro voador (de

Vai dizer que tu não queria amigos assim?

preferência, um DeLorean), um skate que voa, robôs e uma casa tipo a dos Jetsons, mesmo que eu tivesse que usar duas gravatas e ter que usar um caralho de um fax.

Tenho certeza que o que pensamos sobre o futuro será no mínimo bem diferente do que o que realmente nos esperará. Talvez o meu amor por ficção científica seja apenas uma via de escape para um mundo que eu gostaria que fosse o meu – o que não é tão diferente desses alternaroots que ainda sonham com o comunismo ou com esses pastores que acham que o mundo vai acabar…

Pode ser que o que esperamos aconteça, mas não da melhor forma possível. Quem imaginou que um gay poderia ser prefeito não esperava que fosse um gay tão filho da puta, dentre tantos outros que são gente boa e seriam ótimos governantes. Ou que a internet seria uma fonte de informações daquelas, mas com coisas horríveis, como este blog!

Na boa, acho que eu mudei de ideia. Sou um futurólogo! Mas continuo odiando o Kassab e faço uma previsão que é mais um pedido a algum ser superior, se existir algum: tirem essa porra da minha cidade!

E um último pedido: comentem! O blog tem um fluxo de pessoas que não se identifica e eu queria saber quem passa por aqui… juro que quem deixar um recadinho ganha um fax com desenhos natalinos feitos pelo meu irmão menor!

Anúncios

6 Comentários

  1. Ou….vc deveria me dar mais valor, afinal, só eu comento nessa budega!
    E vc…vc eh um comunistazinho fantasiado de nerd químico! Sério, essa vida não te pertence mais!
    E eu também não curto muito o Kassab, mas, cazzo….Pare de falar mal dele em todo post…Tem gente que vai se irritar….

    • Eu quero MAIS comentários! E eu só xingo o Kassab quando o contexto permite…

  2. Estranhamente não gostei tanto do texto, preferi o de ontem,ri mais. Porém é um fato, futuro é sempre diferente…Quando eu era mais novo eu achei que compraria um carro em 2012, mas isso não vai acontecer ><" hUAHAUH

    • Rapaz, nem é estranho… terminei pensando que carreguei as tintas mais na acidez do que no humor… enfim, coisas que acontecem! Mas você pode comprar um fusca até o ano que vem, te dou a maior força…

  3. “Já o pessoal da minha faculdade vai ao teatro. Que estranhos!” hahahah

    Ficção científica é a maconha dos nerds. como sou meio nerd e meio maconheiro, quando não tem maconha pra assistir eu fumo ficção científica.

    • Você deveria ter um blog falando dessas canabicices! 😀


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s