Sexo, Tartarugas, Corinthians e Botecos

Essa pêra tem cara de puta

Essa pêra tem cara de puta

Sexo é animal.

É uma das horas em que o ser humano fica mais próximo das suas origens evolutivas. Aliás, se você pensar, estudar, querer ter um bom salário, fazer uma plástica, enfim, tudo isso tem como maior objetivo atrair alguém legal para a cama. Se vivemos para meter, podemos chegar à conclusão de que, quanto mais evoluídos ficamos, mais próximos dos animais estaremos.

Hoje mesmo, o meu irmãozinho, eleven years old, veio me perguntar o que, realmente, era um boquete. Também veio me perguntar se havia alguma coisa que mostrava se o indivíduo masculino tinha perdido a virgindade – uma espécie de cabaço no pinto ou coisa do tipo, suponho. Aliás, como as crianças falam merda na puberdade, não?

Pior do que falar com um gordo que, suponho, não apresenta a aparalhagem sufuciente para uma trepada, é imaginar o seu animalzinho de estimação em pleno ato – isto porque o meu pet não é um cãozinho burro ou um fétido gato. Olha só…

Continue lendo

Anúncios

Para aquecer os tamborins para o JUCA!

é LUKE, analfabetos da Metodista!

#ChuuuuupaMackenzie

Agagaquaga é nossa!

Hay que endurecer…

Manolos, fazer manuais é algo muito divertido. Após o sucesso do ‘Manual de Sobrevivência Universitária’, me senti animado a fazer outro, orientando pessoas leigas a se comportarem no mundo pós-moderno que vivemos. 

Ainda mais após as orientações magablásternerds oriundas do Guia do Mochileiro das Galáxias, que me prepara para uma viagem interestelar… ou pelo menos para ir até Osasco e não morrer por lá. Fico revoltado com a revolta das pessoas. Paradoxal, não? Porré. Ainda mais estudando na PUC, onde muita gente riquinha paga de revolucionário, sem nunca sequer ter pego um ônibus e morando nos Jardins, ou pior, é revolucionário de verdade e pensa que o mundo é um ‘Karl Marx na URSS das maravilhas’. Mesmo me considerando um cara de esquerda, o sarcasmo tomou conta de mim. Aproveitem o   

  

Guia do Revolucionário Pós-Moderno 

 

Imagem:Brasão puc.jpg

Tenho certeza que o Faro e o Arbex vão atirar em mim...

 Pois é… não sou conformista, mas retardado também não. Karl Marx é inteligente, mas não é Freud e NÃO explica tudo. Logo, seguem alguns conselhos de uma pessoa mais inteligente do que Marx. Ou uma pessoa levemente mais bem-humorada:  

Levy Fidelix –   

levyfidelixkg9.jpg

Do Tietê a Plutão em 2h!

Para que fazer manifestação sobre o aumento do preço do ônibus? Ou do metrô? Aliás, metrô é buraco do tatu. Este ridículo simpático senhor é um exemplo de revolucionário pós-moderno. Não aparece NUNCA, a não ser em época de eleição. Aparentemente não trabalha (assim como os estudantes de Ciências Sociais da PUC) e milita há 206 anos por um ideal, sem nunca parar a Avenida Paulista: o glorioso Aerotrem! O glorioso Levy Fidelix, pré-candidato à Presidência em 2010, é prático em seu programa de governo: simplesmente, fazer uma linha de Aerotrem ligando o Acre a Feira de Santana, percorrendo 4000 km em apenas 3 minutos. PAC? Reforma agrária? Royalties do pré-sal? Big Brother Brasil? FODAM-SE todos. Mais revolucionário que isso, só se Sílvio Santos for o vice.  

   

Mam, fiz revolussaum, bjs

Frequente apenas as manifestações úteis – O Revolucionário Pós-Moderno não manda corrente de emails incitando os pobres burgueses da esquerda festiva a participarem de manifestações tradicionais. Na verdade, manifestações são chatas pra caralho. Greves são divertidas e sempre dão certo. Agora manifestações… vocês já viram uma manifestação reivindicando alguma coisa concreta dar certo? Aliás, esse Kassab é um FILHO DA PUTA! Mas não era disso que estávamos falando…  

Como revolucionário pós-moderno, aconselho-os, proletários do mundo, a se juntarem a manifestações úteis, como as flash mobs mais idiotas que a humanidade já presenciou. A foto à sua direita é de um pequeno grupo de nerds andróginos que pagou o sentido da coisa: já que manifestação não vale nada, façamos da maneira mais ridícula possível. Outros exemplos de manifstações incrivelmente úteis são a Guerra de Travesseiros no Anhangabaú e a dança do Rebolation por mais de 1,5 milhão de pessoas na porta da Cidade Tiradentes. Eventos Otakus, onde nerd andróginos asiáticos expõem os seus ideais rebeldes, bebendo mupy e jogando nintendo wii até estabelecer uma nova ordem vigente.  

 

LOL!

 Vá para o BBB! – O Big Brother Brasil é um programa de excelente qualidade. Pessoas de grande capacidade intelectual entram no programa e podem manifestar os seus ideias revolucionários. Por exemplo, você, entrando no BBB, pode mostrar toda a sua ideologia marxista-leninista-lulista-daimista: beber, cair e levantar. Aliás, quer algo mais revolucionário do que ganhar R$ 1,5 milhão sem fazer nada, enquanto os caras ficam pleiteando o fim da Universidade Shopping!

Para fechar, coloque ana Globo e assista à novela Viver a Vida; abra a Veja e pregue o artigo de Diogo Mainardi na porta de seu quarto e trate aquele papel como um mantra infalível. Na cabeceira de sua cama, coloque uma fotinho de Inri Cristo. Se for uma menina, compre a Capricho também, pois é uma leitura muito edificante para o revolucionário pós-moderno.   

Falando sério, não sei o que é pior: se são estas pessoas que reivindicam e se revoltam por qualquer merda? Se são pessoas que usam camisetinha vermelhinho do Marxizinho e são burgueses… ou esses imbecis pós-modernos. Sinceramente, acho que tudo começou a foder quando meu papai saiu da roça. Poderia estar sem dentes, burro e comendo uma cabrita, mas seria muit mais feliz do que um pós-moderno sem nenhum ideal concreto na cabeça. 

Agora vou ver o BBB. Beigos.